Até já companheiro...

O Amarelinho foi um dos meus maiores companheiros de Aventura...
Comecei a minha vida profissional como arqueólogo com este carro.

Junto subimos montanhas, descemos vales, juntos passámos rios, vencemos pedras aguçadas e safámo-nos de lama encharcada, vencemos frio e neve, pisámos kms de areia quente do deserto do Sahara.

Carregámos caixotes com bens humanitários, e levámos pranchas de surf até à praia. Carregaste equipamento de mergulho até ao cais, puxaste barcos de dentro da rampa, ajudámos outros carros a saírem da lama ou da areia. Até noites cheguei a dormir dentro deste carro, uma no Sahara, outra no Gerês, montanha acima!.. estas são as que me lembro.

É por isso que não lhe chamo carro, mas companheiro...

Acompanhou-me sempre, mesmo em dificuldades ou problemas, nunca ficámos a pé, nunca ficámos presos... mesmo em obstáculos grandes e dificuldades imensas...

Ultrapassámos tudo, mais depressa ou mais devagar, avançámos sempre...

Um dia meu amigo, vou ser rico e vou procurar-te e comprar-te de volta!

Safe journey my friend, como todas as que fizémos juntos... obrigado por tudo o que me mostraste, obrigado por todos os sítios onde é impossível chegar!


"Don't be dismayed by good-byes. A farewell is necessary before you can meet again. And meeting again, after moments or lifetimes, is certain for those who are friends". [Richard Bach]



Farewell my friend...

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger