Merry Christmas and good swells in 2011!








* com o patrocínio CORBIS images.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Six billion people in the world... all different, all the same

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010






Até já companheiro...

O Amarelinho foi um dos meus maiores companheiros de Aventura...
Comecei a minha vida profissional como arqueólogo com este carro.

Junto subimos montanhas, descemos vales, juntos passámos rios, vencemos pedras aguçadas e safámo-nos de lama encharcada, vencemos frio e neve, pisámos kms de areia quente do deserto do Sahara.

Carregámos caixotes com bens humanitários, e levámos pranchas de surf até à praia. Carregaste equipamento de mergulho até ao cais, puxaste barcos de dentro da rampa, ajudámos outros carros a saírem da lama ou da areia. Até noites cheguei a dormir dentro deste carro, uma no Sahara, outra no Gerês, montanha acima!.. estas são as que me lembro.

É por isso que não lhe chamo carro, mas companheiro...

Acompanhou-me sempre, mesmo em dificuldades ou problemas, nunca ficámos a pé, nunca ficámos presos... mesmo em obstáculos grandes e dificuldades imensas...

Ultrapassámos tudo, mais depressa ou mais devagar, avançámos sempre...

Um dia meu amigo, vou ser rico e vou procurar-te e comprar-te de volta!

Safe journey my friend, como todas as que fizémos juntos... obrigado por tudo o que me mostraste, obrigado por todos os sítios onde é impossível chegar!


"Don't be dismayed by good-byes. A farewell is necessary before you can meet again. And meeting again, after moments or lifetimes, is certain for those who are friends". [Richard Bach]



Farewell my friend...

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

O sapo sábio e a tartaruga jovem




Havia uma tartaruga que era jovem, irreverente como os jovens, gostava de experiências novas e gostava de arriscar, ir mais longe, desafiar limites.

Tinha um vizinho, um sapo, sábio, de cabelos brancos de riqueza de vida. Era discernido, tranquilo, tinha muita experiência e, como verdadeiro sábio, gostava de partilhar a sua sabedoria e dar conselhos.

Uma noite, a tartaruga jovem queria sair. Mas o sapo sábio avisou-a de que a noite tinha perigos, era escura e fria, escondia-se nela o risco invisível do perigo.

A tartaruga, na sua irreverência, agradeceu ao sapo o conselho, mas disse-lhe que iria sair, queria sair na noite.

Colocou então a cabeça e as pernas fora da sua carapaça e pôs-se a caminho!
Mais à frente, numa pedra escorregadia, colocou-se em falso e tropeçou.

Rebolou, rebolou e ficou virada ao contrário, de pernas para o ar.
Refeita do susto, colocou de novo as pernas e a cabeça fora.
Esperneava, esperneava, mas não conseguia voltar-se.

O sapo, chegando junto dela disse-lhe:
- Avisei-te tartaruga. Eu disse-te que a noite tinha perigos. Agora ninguém te vai salvar, vais ficar aqui e vais morrer de frio e fome.

Após um momento de silêncio, a tartaruga retorquiu:
- Sim, posso até morrer de frio e fome... mas pelo menos daqui, vejo todas as estrelas do céu!

*****

Ouvi esta fábula, de que não sei o autor, hoje na missa... Precisávamos tanto de histórias destas, de coisas que nos deixem cheios e felizes quando vamos à missa, que os cristãos chamam de "festa" mas que se vive com tristeza, frete e solenidade a mais em muitos sítios.

É hora de todos começarmos a arriscar, mesmo correndo riscos e podendo vir a cair...

.. vale a pena andar com os OLHOS NO CÉU!


domingo, 7 de novembro de 2010


No início a bonita oração "Magnificent"
no minuto 10... "ONE"

terça-feira, 5 de outubro de 2010

WE ARE ONE! - U2

sábado, 2 de outubro de 2010

Usem protector solar

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Rip Curl Pro Peniche 2010



Temos de novo o WCT entre nós!

Em Outubro, de 7 a 18... Peniche.


domingo, 26 de setembro de 2010

La Libertad


De “Caminar sobre las aguas” , Anthony de Mello:







´Déjenme contar una historia sobre una persona libre. Es la historia de una muchacha, en una aldea de pescadores, que fue madre soltera.

Sus padres la pegaron hasta que confesó quién era el padre, ella dijo: “Es el maestro zen que vive en el templo fuera de la aldea.” Sus padres y todos los aldeanos quedaron indignados.

Corrieron al templo, después que el bebé nació, y lo dejaron frente al maestro zen. Y le dijeron: “¡Hipócrita! ¡Ese niño es suyo! ¡Cuídelo!” Todo lo que el maestro zen dijo fue: “¡Muy bien! ¡Muy bien!” Y dio al bebé a una de las mujeres de la aldea, encargándose el maestro de los gastos.

Después de esto, el maestro perdió la reputación, sus discípulos lo abandonaron, nadie iba a consultarlo; y esto duró algunos meses. Cuando la muchacha vio eso, no pudo aguantar más y finalmente reveló la verdad. El padre del niño no era el maestro, era un muchacho de la vecindad.

Cuando sus padres y toda la aldea supieron esto, volvieron al templo y se postraron delante del maestro. Imploraron su perdón y pidieron que les devolviese el bebé. El maestro devolvió el bebé, y todo lo que dijo fue: “¡Muy bien! ¡Muy bien!”.

Era una persona libre. Una persona capaz de sufrir, que alcanzó la perspectiva por sobre la cual les hablaba.

Mi deseo para mí y para ustedes es que, como resultado de nuestros esfuerzos, ¡Dios nos dé este don! '


sábado, 18 de setembro de 2010

Imortais...

Uma oração, ... ou uma declaração que transcrevo aqui, da Mafalda Veiga. Cada um que leia conforme o seu interior lhe disser. Não é uma declaração, sempre uma oração? Não é uma oração sempre uma declaração?



Por mais que a vida nos agarre assim
Nos troque planos sem sequer pedir
Sem perguntar a que é que tem direito
Sem lhe importar o que nos faz sentir

Eu sei que ainda somos imortais
Se nos olhamos tão fundo de frente
Se o meu caminho for por onde vais
A encher de luz os meus lugares ausentes

É que eu quero-te tanto
Não saberia não te ter
É que eu quero-te tanto
É sempre mais do que te sei dizer
Mil vezes mais do que eu te sei dizer

Por mais que a vida nos agarre assim
Nos dê em troca do que nos roubou
Às vezes fogo e mar, loucura e chão
Às vezes só a cinza que sobrou

Eu sei que ainda somos muito mais
Se nos olhamos tão fundo de frente
Se a minha vida for por onde vais
A encher de luz os meus lugares ausentes

É que eu quero-te tanto
Não saberia não te ter
É que eu quero-te tanto
É sempre mais do que te sei dizer
Mil vezes mais do que eu te sei dizer



object width="445" heig

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Gimme some Truth

Amanhã falo a um grupo de gente nova sobre um valor que a nossa sociedade devia levar mais a sério: a verdade, com rigor... lembrava-me de uma grande música dedicada à verdade, dos Beatles, mas que conheci pelos acordes dos Pearl Jam..

isto no dia em que há mais um acidente numa plataforma petrolífera (money for oil), um dia depois dos protestos por justiça social em Moçambique, num tempo de tensão na Guiné-Bissau, mas de que ninguém fala nem verdade nem mentira, mas que também se re-iniciam conversações de paz no Médio Oriente... pela não sei quanta vez...

Vamos ter esperança!

Aqui fica a música e a letra...

Boas ondas.






I'm sick and tired of hearing things,
from uptight, short sighted, narrow minded hypocrites,
all I want is the truth,
just gimme some truth,
I've had enough of reading things,
by neurotic, psychotic, pig headed politicians,
all I want is the truth,
just give us the truth,

No short haired, yellow bellied, son of tricky Dicky is
gonna mother hubbard, soft soap me with just a pocket full of oil,
money for oil,
money for oil.

I'm sick to death of seeing things,
by tight lipped, condescending, mommy's little chauvinists,
all I want is the truth,
just gimme some truth,
I've had enough of watching scenes,
of schizophrenic, egocentric, paranoia prima donnas,
all I want is the truth,
just give us the truth,

No short haired, yellow bellied, son of tricky Dicky is
gonna mother hubbard soft soap me with just a pocket full of oil,
money for oil,
money for oil,

No short haired, yellow bellied, son of George-Porgy is
gonna mother hubbard soft soap me with just a pocket full of oil,
it's money for oil,
no blood for oil,

I'm sick to death of hearing things,
from uptight, short sighted, narrow minded hypocrites,
all I want is the truth,
just gimme some truth,
I've had enough of reading things,
by neurotic psychotic, homophobic hypocrites,
all I want is the truth,
just give us the truth,
all we want is the truth,
just give us the truth,
we can handle the truth,
just give us some truth,
share with us the truth,
we'll give you our truth.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

happy birthday Madiba

domingo, 18 de julho de 2010

surfar uma onda gigante!

Assim deviamos viver a vida...


terça-feira, 13 de julho de 2010

The Melalli sessions

Surf e Desenvolvimento... duas misturas muito boas...


sexta-feira, 2 de julho de 2010

Campeonato Nacional de Surf Esperanças na Praia da Costa Nova





Mais notícias em SURF TOTAL




segunda-feira, 24 de maio de 2010

MaineLand






Há poucos blogs de surf que sintetizem tão bem, em qualidade e quantidade, o que é o surf como desporto, o seu espírito e carisma, e o que esse todo implica na maneira de ver e viver a vida....


Vale a pena a visita frequente: MAINELAND

sábado, 15 de maio de 2010

Heading for the Pacific...





Completam-se hoje 12 anos. Há 12 anos saí do Seminário...
Uma das decisões mais importantes e difíceis da vida até agora.

Já vai algum tempo desde o dia 29 de Abril de 1998. Muitos dos sonhos lá construídos, muitos dos ensinamentos lá aprendidos e vividos são o guia que me orienta a vida.

Agradeço a vida que tive e que tenho e o facto de o Seminário fazer parte dela. Foram bons anos... de muita liberdade!


quinta-feira, 29 de abril de 2010

Circuito Regional de Espinho - SurfJah clube de surf de Espinho



JÁ NO PRÓXIMO FIM DE SEMAMA

INSCRIÇÕES AQUI - até hoje às 21h


É já no dia 17 e 18 de Abril que decorrerá na Praia de Espinho a 1ª Etapa do Circuito Regional de Espinho, organizado pelo SurfJah Clube.

Alguns dos atletas de maior referência Espinhense já se inscreveram, assim como atletas de cidades vizinhas. Esperamos um bom nível na competição.

Devido a uma adesão que superou as espectativas as inscrições terão quer ser feitas até às 21h00 de 16 de Abril (Sexta-Feira)

Poderão se inscrever preenchendo o seguinte formulário aqui, ou enviando um email para: surfjah@gmail.com

Preço p/ Etapa Sócios : 5€

Preço p/ Etapa Não Sócios : 10€

Para mais informações podem contactar 918 620 091 (Extreme - António) ou 934 175 504 (Tag - Cristiano)

Programa

08:00 – Check-In

09:30 – Inicio da Prova


sexta-feira, 16 de abril de 2010

Read this OUT LOUD as a Declaration of Independence






The selfish, they're all standing in line
Faithing and hoping to buy themselves time
Me, I figure as each breath goes by
I only own my mind

The North is to South what the clock is to time
There's east and there's west and there's everywhere life
I know I was born and I know that I'll die
The in between is mine
I am mine

And the feeling, it gets left behind
All the innocence lost at one time
Significant, behind the eyes
There's no need to hide
We're safe tonight

The ocean is full 'cause everyone's crying
The full moon is looking for friends at hightide
The sorrow grows bigger when the sorrow's denied
I only know my mind
I am mine

And the meaning, it gets left behind
All the innocents lost at one time
Significant, behind the eyes
There's no need to hide
We're safe tonight

And the feelings that get left behind
All the innocents broken with lies
Significance, between the lines
(We may need to hide)

And the meanings that get left behind
All the innocents lost at one time
We're all different behind the eyes
There's no need to hide

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Circuito Regional de Espinho


Etapas

17 e 18 de Abril

19 e 20 Junho

11 e 12 de Setembro

A organização reserva-se no direito de adiar as datas previstas, caso as previsões do tempo e das condições do mar não forem as mais favoráveis. Para bem da qualidade da prova, ao nível dos atletas, dos patrocinadores, do staff e público.

Assim sendo, os atletas que já tiverem deito a sua inscrição, ficarão automaticamente inscritos(as). Poderão se inscrever enviando o nome, categoria e modalidade para o e-mail: surfjah@gmail.com

Preço p/ Etapa Sócios : 5€

Preço p/ Etapa Não Sócios : 10€


Categorias e Prémios

Circuito com campeonato de Surf, Bodyboard e Longboard.

Open, Sub 18 e Sub-16


Teremos 1 vencedor por etapa, e no final um vencedor geral.


O Júri deliverará através do sistema de pontos, ou seja, rankiado.



Espinho

A cidade de Espinho localiza-se a 20 km do Porto e 50 km de Aveiro.

Uma cidade é muito conhecida pela sua grande extensão de areais e praias, famosa pela sua onda direita na praia da Baía, contudo com vários picos de esquerda disponíveis.

É servida por uma boa rede viária e ferroviária com várias ligações ao Porto (20km) e a Aveiro (50km). O comboio pará mesmo no Pico, ou seja, bem perto da praia. Os restantes transportes públicos ficam apenas a cerca de 70 m da praia, sendo alcançáveis em poucos minutos a pé.

Poderá deslocar-se até ao centro da cidade, por meio de um confortável passeio a pé.


Dormir

Para o acolhimento dos atletas, Espinho oferece várias alternativas:

Parque de Campismo - 227 335 871

Pousada da Juventude - 227 312 032‎


Comer

A organização do circuito terá à disposição de todos os atletas senhas para o almoço no valor de 5€. Através de um protocolo efectuado com o Restaurante Retornado, mesmo em frente à praia, colado ao local do campeonato.


Contactos

Telefone: 918 620 091 | 934 175 504

surfjah@gmail.com

www.surfjah.com

www.facebook.com/surfjah

terça-feira, 16 de março de 2010

The First Time...

Hoje fui ao Mar. Trânsito desesperante de Domingueiro no primeiro dia de sol já de há muito aguardado...
Muito tempo depois, já finalmente com os pés na areia, mãos tipicamente nos bolsos do desbotado casacão com gorro, o ínicio da "where the streets have no name" dos U2 como banda sonora na cabeça... e....

Não havia uma única onda no mar...
Só que depois fui na mesma, e corri das maiores ondas da vida.




I have a lover
A lover like no other
She got soul, soul, soul, sweet soul
And she teach me how to sing... (and dance)

Shows me colours when there's none to see
Gives me hope when I can't believe
That for the first time
I feel love

I have a brother
When I'm a brother in need
I spend my whole time running
He spends his running after me

When I feel myself going down
I just call and he comes around
But for the first time
I feel love

My Father is a rich man
He wears a rich man's cloak
Gave me the keys to his kingdom coming
Gave me a cup of gold

He said I have many mansions
And there are many rooms to see
But I left by the back door
And I threw away the key
And I threw away the key
Yeah, I threw away the key
Yeah, I threw away the key

For the first time
For the first time
For the first time
I feel love

domingo, 14 de março de 2010

SurfJAH Clube organiza o circuito regional de Espinho

Cultura do Surf, Cultura da Vida!


(carrega na imagem para ampliar)

quinta-feira, 11 de março de 2010

Localismo

O localismo é uma coisa de se lamentar profundamente.
Por mais gente que haja na água, há lugar para todos. Para principiantes, para os que acham que sabem muito, para os que sabem muito, para os que tentam, para os que desistem e para os que não desistem.

Todos nós passamos por todas as fases algum dia na vida. Só aqueles que não se aventuram por mares novos é que não se sentem novos e arriscados, inseguros nalgum campo da vida, nalguma praia ou set novo.

Desde que haja respeito uns pelos outros (e cumprimento de algumas regras mínimas conhecidas... acrescentando um aceno de desculpa quando não der para não fugir!), em vez de sensação de invasão, podemos experimentar a sensação de enriquecimento pela partilha, pela dica, pela conversa, pelo momento! Surfar é um acto extremo de solidão... mas de profunda Comunhão... com tudo aquilo em que Acreditamos, com tudo aquilo em quem acreditamos!



Cenas como esta são uma infelicidade... mas se ficarmos por aqui! Já não vai nada mal!

=D

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Mavericks

Em 2006... um drop do outro mundo.



Em 2010... um sinal dos tempos...

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Smilin Surfin in India



Documental Smiling Surfing in India, primera parte from Ion Eizaguirre on Vimeo.








Documental Smiling Surfin in India, segunda parte from Ion Eizaguirre on Vimeo.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

What goes up...

Há um ano atrás, o homem era o maior... ia mudar o mundo num estalar de dedos.
Agora está no fundo, "não foi capaz de fazer nada...

Coisa estranha esta do mundo que condena toda a gente sem julgamento, seja nos jornais, seja nas relações humanas, seja no trabalho, seja na escola, seja...

Quando estiveres na crista da onda, nunca te iludas porque é temporário.
Quando fores capa de jornal, nuna te iludas porque o jornal de hoje, amanhã já será do passado.
Quando estiveres na mó de baixo vai ao bolso das calças e lê o papelinho que lá puseste que diz "também isto passará".

Nunca vivas de ilusões....




I used to rule the world
Seas would rise when I gave the word
Now in the morning I sleep alone
Sweep the streets I used to own

I used to roll the dice
Feel the fear in my enemy's eyes
Listen as the crowd would sing:
"Now the old king is dead! Long live the king!"

One minute I held the key
Next the walls were closed on me
And I discovered that my castles stand
Upon pillars of salt and pillars of sand

I hear Jerusalem bells a ringing
Roman Cavalry choirs are singing
Be my mirror, my sword and shield
My missionaries in a foreign field

For some reason I can't explain
Once you go there was never
Never an honest word
And that was when I ruled the world

It was the wicked and wild wind
Blew down the doors to let me in.
Shattered windows and the sound of drums
People couldn't believe what I'd become

Revolutionaries wait
For my head on a silver plate
Just a puppet on a lonely string
Oh who would ever want to be king?

Coldplay -"Viva la Vida"



domingo, 7 de fevereiro de 2010

find my direction magnetically..



Such is the way of the world
You can never know
Just where to put all your faith
And how will it grow

Gonna rise up
Burning back holes in dark memories
Gonna rise up
Turning mistakes into gold

Such is the passage of time
Too fast to fold
And suddenly swallowed by signs
Low and behold

Gonna rise up
Find my direction magnetically
Gonna rise up
Throw down my ace in the hole


terça-feira, 12 de janeiro de 2010

The Bethany Hamilton Story

Uma grande história de coragem e de Amor.
Amor porque perder um braço para alguém é uma tragédia. Amor porque se reergueu e com a sua humanidade, defeitos e qualidades, vive a sua vida como um testemunho não pretensioso, mas humilde.

Humilde porque humano...

Tem a sua história publicada em Português... clica aqui!

Bíblia do Surfista

Dizem que Jesus foi o primeiro... uma data de coisas! Pois bem, deixem-me puxar a brasa à minha sardinha... Ele foi também o primeiro surfista! Está registado neste livro do Novo Testamento! Ele caminhou sobre as águas.

Depois foi Pedro a tentar, mas não conseguiu. Homem de pouca Fé, disse Jesus.

Para surfar é preciso Fé, pois claro. Surfar é digamos, entrar em Comunhão com Deus, no meio da Água, símbolo de Maria por excelência, somos envolvidos na onda, envolvidos na água. Do outside vê-se o mundo de uma perspectiva completamente nova e estamos à mercê, como quando nascemos, como quando morrermos. Estamos à mercê da vontade da natureza, do mar, de Deus por fim e por princípio, como se de um Omega se tratasse.

O surf é para mim um tempo sem tempo, lugar de encontro com Ele, como num retiro.

E não sou o único a pensar assim. Esta boa iniciativa mostra-me isso. O ascetismo que a comunhão com Deus através de um desporto que tem a Criação como campo de jogo. Ele lá está, sempre próximo e sublime ajudando-nos a ser mais divinos e mais humanos... caminhando sobre as águas!


Mais informações sobre a organização que prepara esta edição aqui:

Parabéns à Igreja que aos pouquinhos deixa de perder tanto tempo com algumas tretas sem nenhum interesse e relevância, para começar a utilizar a linguagem das pessoas, sejam elas de que tipo forem, permitindo-lhes que bebam da sabedoria da mensagem e do mundo bonito com que os Evangelhos sonham!

Ele veio para todos e deu esse exemplo nas escolhas com que se fazia rodear. A minha amada Igreja anda devagarinho... mas anda! Vai andando, como todas as grandes famílias... temos essa esperança!





quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger