Somos profetas de um futuro que não nos pertence | Óscar Romero.



Las Flores, El Salvador

“De vez em quando dar um passo atrás ou mesmo à frente, ajuda-nos a tomar uma perspectiva melhor, mais geral, do todo.
A vida não está apenas no mais além do nosso esforço, está também no mais além da nossa visão, do nosso olhar.
Durante a vida, fazemos uma parte pequena desta magnífica empresa que é a obra de Deus. Nada do que fazemos está acabado, o que significa que a vida, e o caminho que nela peregrinamos, está sempre à nossa frente.
Nenhuma declaração diz tudo que se podia dizer.
Nenhuma oração expressa plenamente a nossa fé.
Nenhuma confissão traz a perfeição.
Nenhuma decisão traz sozinha a integridade.
Nenhum plano de metas e objetivos inclui tudo.
Nenhuma onda é o pleno, podíamos ter dado mais, podíamos ter feito mais uma manobra, mais um segundo dentro do tubo.

Isto é o que tentamos fazer: plantamos sementes que um dia crescerão.
Regamos sementes já plantadas, sabendo que são promessas de futuro. Assentamos bases que necessitarão um maior desenvolvimento.
Os efeitos da levedura que proporcionamos vão mais além que as nossas possibilidades.
Surfamos ondas uma última vez, só mais uma, dez vezes.. e há sempre mais uma.

Não podemos fazer tudo, não podemos caminhar tudo, não podemos surfar tudo.
Por vezes o Amor tem esta forma de silêncio.

Las Flores, El Salvador. photo: Zak Noyle. SurferMag

Não podemos fazer tudo e ao percebermos isso,  há uma certa liberdade, que nos capacita a fazer alguma coisa e a fazê-la muito bem. Pode não ser completa, mas é o princípio, um passo no caminho, o primeiro, ou mesmo o segundo ou o terceiro, uma oportunidade para que no mundo entre a Graça, de Deus, e ela faça o resto.

É possível que não vejamos nunca os resultados finais, mas essa é a diferença entre o Arquitecto e o trabalhador.
Somos profetas de um futuro que não nos pertence, peregrinos de um caminho que não sabemos ou imaginamos onde termina.
Tudo o que sou é tão maior e mais bonito em caminho.
Cada passo, é cada passo. Somos peregrinos neste mundo.”

D. Óscar Romero, bispo de El Salvador.

[texto adaptado | english version of the poem here]


Las Flores, El Salvador.

segunda-feira, 30 de junho de 2014

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger